Bolos no Pote Gourmet

Siga-Nos

Os maiores erros que vendedoras de trufas gourmet cometem

É muito comum cometer erros na venda de doces, especialmente quando o produto é gourmet já que ele demanda mais trabalho do que o normal. No caso das trufas, é muito simples fazer e vender esses doces, mas, também existem detalhes que podem atrapalhar o processo.

Na maior parte das vezes, são erros muito básicos que se comete a fazer trufas gourmet, e que poderiam ter sido evitados com um planejamento mais adequado, e ou então com um mínimo de atenção.

E é para evitar essas falhas que mostrarem a seguir alguns dos maiores erros que vendedoras de trufas gourmet cometem. Sem dúvida, depois disso, você ficará mais atenta a esses detalhes.

 

Erros no planejamento do negócio de trufas gourmet

Não estudar o mercado local

Basicamente os erros de vendedoras de trufas gourmet começam ainda na fase inicial, antes mesmo de abrir um negócio desse tipo. E, nesse ponto, uma das principais falhas está em não estudar o mercado.

Como assim?

Essa questão se refere em saber quem será o seu cliente, quem será a sua concorrência e quais serão seus possíveis fornecedores e/ou parceiros.

Primeiramente, se você vender suas trufas para qualquer tipo de cliente, é provável que passe por dificuldades. Ou seja, é necessário saber quem é o seu público-alvo, quem de fato está mais apto a comprar suas trufas.

Nesse sentido, você irá estudar o comportamento do cliente, ou seja, o que mais ele está querendo em se tratando de trufas gourmet, quais os sabores mais pedidos, e por í vai.

Também é importante estudar a concorrência e saber o que está sendo feito de novo para atrair mais público. Às vezes, outras pessoas têm ideias melhores do que as nossas, e isso pode perfeitamente ser reaproveitado por nós.

Preocupar-se demais com a sua concorrência

Falamos anteriormente um pouco a respeito da concorrência, mas, é importante frisar também que ficar excessivamente focada no que as outras vendedoras de trufas gourmet estão fazendo é bastante prejudicial.

Quando nos referimos a estudar a concorrência, significa que você irá fazer simplesmente uma breve análise dela, procurando saber se o que ela faz está trazendo resultados positivos, se suas estratégias realmente têm sucesso.

Apenas isso.

Ficar focada demais na concorrência, chegando ao ponto de cogitar copiar que ela faz, realmente é um erro que pode empacar seu negócio de trufas gourmet.

Ou seja, mantenha foco no que realmente importa, que é melhorar o seu empreendimento para trazer produtos e serviços melhores para a sua clientela.

Não fazer o controle do dinheiro que entra e sai do negócio

Esse daqui é um erro bastante corriqueiro de quem está apenas começando nesse tipo de negócio. Um bom controle financeiro garante que você tenha os lucros desejados, e que saiba separar a quantia necessária para investir mais em seu negócio.

Se você não tem esse controle rígido, periga de gastar mais do que deveria com os lucros obtidos, e não fazer os investimentos necessários para melhorar seu empreendimento. O correto mesmo é saber exatamente o quanto você ganha e quanto deve ser investido.

De início, se você está apenas começando esse negócio, o recomendável é deixar uma porcentagem bem maior dos lucros para investimentos, e muito pouco para questões pessoais.

Digamos que uns 70% a 75% dos lucros para investimentos em seu negócio, inicialmente, já é mais do que suficiente. Com o passar do tempo, você pode equilibrar essa balança de maneira mais tranquila, mas, com o seu negócio de trufas gourmet já bem estruturado.

Investir em equipamentos e utensílios desnecessários

Outro erro bem sério de quem resolve fazer trufas gourmet para vender é comprar utensílios e equipamentos demais ou muito caros, quando, na verdade, poucos e simples já ajudam na fabricação desses doces.

Pra quê comprar um liquidificador de várias velocidades e muito moderno, se um simples, de três velocidades já ajuda bastante?

Claro, você não deve comprar utensílios e equipamentos muito baratos e que sejam de péssima qualidade. Por exemplo, as melhores espátulas para fazer doces são as feitas de silicone, que são um pouco mais caras.

Saiba dosar o que você de fato precisa e o que é apenas supérfluo. Para isso, seguem alguns dos principais materiais que você irá precisar para fazer trufas gourmet na prática:

  • Formas de tamanhos e formas diferentes, podendo ser de PVC simples com silicone, de polipropileno ou de policarbonato.
  • Toucas descartáveis
  • Tigelas de vidro refratário
  • Espátula de silicone
  • Termômetros
  • Faca grande
  • Sacos de confeitar
  • Papel manteiga
  • Papel chumbo e outros materiais para embalar
  • Balança digital de cozinha

Esses são basicamente todos os utensílios que você precisa, obviamente, fora os eletrodomésticos e os ingredientes para as trufas gourmet em si.

 

Erros na fabricação de trufas gourmet

Embalar a trufa no momento errado

Algumas pessoas acreditam que é preciso esperar horas e horas para embalar uma trufa depois de pronta, mas, a verdade é que basta que ela esteja em temperatura ambiente para que você possa embalá-la para venda.

Caso tenha acabado de tirar da geladeira, coloque-as numa caixa ou bandeja, deixando num lugar sem odor, e que seja fresco e com boa ventilação.

Espere que a trufa esquente e fique com temperatura ambiente. Enquanto isso observe se ela não suou ou se ficou com alguma manchinha. Estando tudo certo, já pode embrulhar.

Aquecer demais o Chocolate

Essa daqui é uma falha que pode acontecer por uma simples falha de atenção.

Quando estiver usando a panela para fazer o recheio das trufas, por exemplo, é importante que a massa desgrude do fundo da panela. Esse é o ponto ideal, que é o que chamamos de “ponto de brigadeiro”, e independe da receita ter um não chocolate.

Já para a cobertura, você pode derreter o chocolate em banho-maria ou no micro-ondas. Se for em banho-maria, assim que o chocolate derreter, tire do fogo.

Se for no micro, coloque 30 segundos, tire, mexa um pouco, e volte a colocar mais 30 segundos. Repita o processo, e assim que o chocolate derreter por completo, não ponha mais no micro-ondas.

Ou seja, para evitar aquecer demais o chocolate e não deixar que a sua trufa fique com gosto de “queimado”, basta ter atenção e acompanhar atentamente cada passo.

Não usar termômetro

Esse erro daqui tem a ver com o anterior, pois existem receitas que você já pode tirar o recheio do fogo sem precisar que ele desgrude do fundo da panela, apenas que ele atinja determinada temperatura. Mas, para isso, o uso de um termômetro é aconselhável.

Mesmo que pareça um utensílio inútil na cozinha, a princípio, trata-se de algo que vai evitar transtornos e perda de receitas inteiras.

Deixar muito tempo em geladeira

Existem receitas de trufas gourmet que pedem que os recheios fiquem na geladeira por alguns minutos, enquanto tem outros que dizem que ele tem que ficar horas.

A consequência mais evidente de deixar suas trufas tempo demais na geladeira é que a qualidade e o sabor serão alterados. Mesmo que você as guarde em um recipiente hermeticamente fechado, pode entrar água, e a trufa começa a estragar mais rápido.

Portanto, o ideal é que você siga perfeitamente cada passo da receita, com as casquinhas sendo colocadas na geladeira por alguns minutos e o recheio sendo colocado lá também por quanto tempo a receita pedir (nem mais, nem menos).

Você pode aprender tudo sobre trufa da forma correta através do 💗 Curso de Trufas Lucrativas.

Ou então, acessar o mini curso de trufas que preparamos pra você com muito carinho em Mini Curso de Trufas Grátis: Tudo Sobre Trufas.

 

Erros nas vendas de trufas gourmet

Dar descontos sem conhecer seus custos

Há muitas falhas com relação à venda de doces, especialmente quando se trata de um produto gourmet. Uma trufa gourmet demanda mais tempo e gastos de que um doce comum, e por isso, você precisa ficar atenta para cobrar um valor certo para obter lucro.

Oferecer descontos, brindes e vantagens extras para a sua clientela é uma forma eficaz de fidelizar as pessoas, mas, é preciso ter calma e controle nos gastos.

Se você der muitos descontos que acabem diminuindo muito sua margem de lucro isso pode fazer com que o seu negócio de trufas gourmet fique inviável com o passar do tempo.

Qualquer tipo de vantagem extra ao cliente deve ser oferecido levando em consideração se isso não vai prejudicar seu ganho final.

Não definir metas e prazos

Outro erro bem comum, e que pode prejudicar seu negócio de trufas é não se planejar, especialmente no que se refere a metas e prazos.

Tanto um quanto o outro servem para que você possa ter uma pequena noção se o seu empreendimento está crescendo, está estagnado, ou se não está dando lucro suficiente.

Por exemplo: se você estipular uma meta de vender 200 trufas gourmet por mês, e constatar que está vendendo só 100, então, alguma coisa deve estar errada. Ou seja, metas e prazos servem pra você identificar qualquer falha e consertá-la.

Por isso, mesmo que pareça trabalho, estabeleça isso para isso seu negócio. Será bastante útil no dia a dia.

Não estar presente no mundo online

Esta daqui é uma falha gravíssima para os dias atuais. Todo mundo está com acesso à internet, mesmo que de um simples aparelho celular.

Você pode tanto fazer uma lojinha virtual para vender suas trufas gourmet, quanto utilizar as redes sociais, criando um perfil exclusivo para você comercializar seus doces.

Não precisa ser nada muito elaborado, bastante fazer publicações chamativas e interações com seus seguidores.

Contudo, ficar de fora desse mundo virtual é deixar de expandir seus horizontes e poder ter a possibilidade aumentar a sua clientela, e, consequentemente, ter mais lucro. Sem contar que você ficará limitada a vender somente numa única região.

Ou seja, procure se planejar para ter um perfil nas redes sociais ou uma lojinha virtual, que certamente isso vai facilitar bastante seu empreendimento, dando mais visibilidade a ele.

Para mais detalhes de como obter sucesso nas suas vendas, acesse Trufas Lucrativas para Vender aos Montes.

 

Erros na negociação direta com o cliente de trufas gourmet

Pensar que você é “vidente”

É muito comum que uma vendedora de trufas gourmet, quando vai abordar diretamente um cliente, fale bastante para tentar convencê-lo a comprar dela. No entanto, é preciso tomar cuidado para não falar demais e acabar aborrecendo a pessoa.

Especialmente se você ficar tentando adivinhar qual sabor de trufa que ela gosta, quantas irá comprar e por aí vai.

O ideal é que você seja solícita e mostra as opções aos clientes, desde sabores disponíveis, descontos, e a possibilidade de eles fazerem algum tipo de encomenda.

Não escutar o cliente

Outro ponto que pode atrapalhar a negociação direta de suas trufas gourmet é falar pelos cotovelos, não deixando que o cliente fale também.

Quando for abordá-lo, o recomendável é se apresentar, falar o que você está vendendo e por qual motivo. O resto da conversa fica a cargo do cliente, seja para ele aceitar comprar ou não suas trufas.

Falar demais sem escutar o cliente é falta de educação, e isso conta pontos bem negativos. Portanto, fale, mas, dê espaço para o cliente fazer seus apontamentos também, inclusive, caso ele queira fazer alguma reclamação ou sugestão.

Essa postura de escutar o cliente é vista como o comportamento de alguém extremamente profissional.

Esperar os compradores e não se mexer

Esse tipo de erro atrapalha em qualquer ocasião, seja você chegando na rua e não abordando os clientes que ali estão, seja na internet, achando que os seus seguidores aparecerão do nada.

Pra conseguir vender bem suas trufas gourmet é necessário se mexer (em todos os sentidos). Fazer publicidade não é apenas colocar uma ou duas publicações por semana no Facebook ou ficar na frente de uma escola com alguns doces esperando que os alunos venham até você.

Por isso é um erro achar que basta fazer trufas gostosas e colocá-las em embalagens bonitas. Pra vender bem, você precisa se mostrar ao público, sempre com boas estratégias de marketing.

Você pode aproveritar para aprender como fazer Trufas Personalizadas, Etiquetadas e Decoradas, clicando neste link.

 

Erros na fidelização de clientes de trufas gourmet

Não oferecer tratamento diferenciado para clientes fieis

Existem aqueles clientes fiéis que sempre (ou quase sempre) vão comprar suas trufas gourmet. Portanto, nada mais justo do que recompensá-los de alguma forma. Pode ser uma trufa extra ou outro brinde qualquer, tanto faz.

Porém, se você tratar seu cliente mais fiel como um cliente qualquer, que só comprou uma vez de você ou que nem sequer comprou, então, estará correndo o risco de perder alguém que tem lhe ajudado bastante e que pode, inclusive, ajudar ainda mais.

Clientes satisfeitos com o reconhecimento de sua fidelidade são ótimos para fazer a propaganda de seu negócio para outras pessoas.

Ou seja, nunca deixe de presentear seu público mais fiel com algum tipo de mimo. Isso vai ser bom pra ele, que se sentirá reconhecido, e pra você, que terá mais gente disposta a comprar suas trufas gourmet.

Colocar o foco no cliente errado

Uma falha que pode fazer você ter prejuízos e perder bastante tempo é se focar no cliente errado, ou simplesmente inadequado.

Simples: o tipo de trufa que você escolheu vender, a gourmet, é mais cara do que uma rufa tradicional. Portanto, o recomendável é comercializar seus doces para quem realmente esteja disposto a pagar um pouco mais caro.

É bom sempre fazer uma pesquisa antes para saber onde pode estar localizado o seu público-alvo (numa faculdade particular, numa praça, enfim).

Dessa forma, você já se foca no cliente correto, e não precisa ficar procurando demais compradores aqui e acolá.

Não investir no pós-venda

Um pós-venda, como o próprio nome já indica, nada mais é do que ações realizadas logo após a venda concretizada. E esse tipo de estratégia pode ser feita de várias maneiras possíveis.

Que tal, por exemplo, fazer uma pesquisa de satisfação para aqueles clientes que já compraram de você? Isso pode ser feito via redes sociais, com você colocando num grupo de WhatsApp ou no seu perfil do Instagram um questionário básico, que pode ter:

  • Você está satisfeito(a) com nossos produtos?
  • Que nota de 1 a 10 você daria ao meu atendimento?
  • Qual sabor de trufa gourmet você gostaria de experimentar?
  • Tem alguma sugestão ou reclamação a fazer?

Entende?

Tudo isso é visto aos olhos do público como sinônimo de profissionalismo da sua parte, pois mostra que você se preocupa com a satisfação do seu cliente em todos os níveis.

Portanto, invista não deixe de investir num bom pós-venda. Caso contrário, você pode estar perdendo uma chance de ouro de fazer novos clientes e fidelizar os antigos.

Bem, agora que você já tem uma pequena noção de alguns dos principais erros cometidos por vendedoras de trufas gourmet, chegou a hora de se policiar, e evitar que você mesma cometa essas falhas, ok?

Curso de Trufas Lucrativas💗 Curso de Trufas Lucrativas

Siga-Nos